Ônibus movido a gás natural é anuciado pela Scania e Compagas

Scania e Compagas anunciam uma demonstração de um ônibus movido a gás natural, integrando a frota municipal de Ponta Grossa (PR) a partir desta terça-feira. Essa iniciativa visa avaliar a viabilidade da utilização desse tipo de transporte coletivo, visando uma mobilidade urbana mais sustentável.

Testes realizados anteriormente confirmaram sua competitividade e menor emissão de poluentes durante as operações.

Rodrigo Venske da VCG é o primeiro da direita para esquerda

A parceria entre a Compagas, a fabricante Scania e a Prefeitura de Ponta Grossa marca o início da demonstração desse ônibus movido a gás natural, que será utilizado no transporte público da cidade nos próximos 30 dias. A cerimônia de lançamento aconteceu ontem, 31 de julho, com a prefeita Elizabeth Silveira Schmidt anunciando a novidade.

A Casa Scania Cotrasa fornecerá todo o suporte necessário para a Viação Campos Gerais (VCG), a empresa escolhida para a operação.

Esse projeto está inserido em um contexto de mobilidade urbana mais sustentável, sendo desenvolvido em várias cidades do Paraná, com o objetivo de certificar a eficiência do veículo, especialmente no que se refere à redução de emissões poluentes e contribuição para as metas de sustentabilidade.

Onde vai ser usado o Ônibus movido a gás natural

Elizabeth Silveira Schmidt, prefeita de Ponta Grossa, enfatiza a relevância desse projeto para o município, destacando a importância de oferecer um sistema de transporte cada vez mais eficiente e sustentável à população.

Ela expressa sua gratidão à Compagas e à Scania por trazerem esse ônibus movido a gás, que possui capacidade para transportar quase 90 pessoas, possui ar-condicionado e utiliza um combustível mais amigável ao meio ambiente, o que representa um grande benefício para a cidade.

A prefeita acredita que a população receberá bem essa tecnologia e todas as inovações presentes nesse veículo.


RELACIONADO:

KINTO comemora seu terceiro aniversário no Brasil

Essa ação em Ponta Grossa é a quarta realizada em 2023 pelo projeto coordenado entre a Compagas e a Scania. Demonstrações anteriores ocorreram na Região Metropolitana de Curitiba, em parceria com o Governo do Paraná, e na capital, com a Prefeitura de Curitiba, entre março e maio.

No mês de junho, o mesmo veículo foi testado em Londrina (PR), utilizando biometano como combustível, o que representou a primeira experiência do tipo no Brasil em uma operação completa.

Em todos esses locais, ficou evidente a viabilidade do uso de ônibus movidos a gás em linhas complexas e extensas, garantindo autonomia e redução significativa de poluição atmosférica.

Já foram realizados teste do Ônibus movido a gás natural

Rafael Lamastra Jr., CEO da Compagas, ressalta que os primeiros testes permitiram confirmar os números apresentados pelo fabricante e demonstrar na prática a eficiência do veículo.

Em Curitiba, o gás natural veicular (GNV) mostrou-se mais competitivo que o diesel, proporcionando uma redução de aproximadamente 10% nos custos operacionais e uma diminuição de 20% nas emissões de poluentes.

Esses resultados foram obtidos com apenas um ônibus em operação, o que indica que uma frota concentrada de veículos a gás pode trazer ainda mais vantagens econômicas e ambientais para a região.

Lamastra enfatiza que o uso de ônibus a gás é uma realidade em grandes cidades ao redor do mundo, e que é fundamental aplicar essa tecnologia no Paraná, substituindo gradualmente os veículos a diesel por modelos mais sustentáveis, capazes de contribuir positivamente com o meio ambiente, a saúde da população e a economia local.

O ônibus em demonstração percorrerá diversas linhas em Ponta Grossa, abrangendo as principais vias da cidade para atender a um público diversificado.

O veículo 100% movido a gás foi incorporado à frota da Viação Campos Gerais (VCG) e funcionará de segunda a sábado, nos mesmos horários dos ônibus convencionais que atendem os terminais Nova Rússia, Uvaranas, Central e Oficinas.

Rodrigo Venske, diretor de Relações Institucionais da VCG, destaca a importância dessas iniciativas que envolvem combustíveis alternativos, como o ônibus a gás da Scania.

Ele ressalta que, após o teste, será possível avaliar a performance e o desempenho do veículo para analisar a viabilidade de sua implementação em maior escala.

O que podemos espera do Ônibus movido a gás natural

As demonstrações realizadas até o momento estão comprovando a viabilidade do ônibus a gás como uma solução para a mobilidade urbana sustentável.

A transição para fontes de energia alternativas é essencial para diminuir a dependência do diesel como matriz energética exclusiva.


RELACIONADO:

Hyundai Creta: O Mais Comparado entre os Carros Zero Quilômetro na Webmotors

A Scania, por meio de suas demonstrações, reafirma seu compromisso em liderar essa transição para um sistema de transporte de passageiros mais amigável ao meio ambiente.

Celso Mendonça, gerente de Vendas de Soluções para Mobilidade da Scania Operações Comerciais Brasil, está otimista com o sucesso da iniciativa em Ponta Grossa, cidade de grande potencial, visão de futuro e desenvolvimento inteligente.

A quarta demonstração do ônibus a gás no Paraná está ocorrendo na região de atendimento da Cotrasa, com três delas já realizadas na localidade. Cristiano Locatelli, diretor da Cotrasa, afirma que é muito importante colocar o veículo em circulação novamente para comprovar sua viabilidade e sustentabilidade na prática.

Para a região dos Campos Gerais, onde Ponta Grossa se destaca com o quarto maior Produto Interno Bruto (PIB) do estado, essa solução representa um fortalecimento da mobilidade urbana e um compromisso com o meio ambiente.

O uso do gás natural como combustível, apesar de ser de origem fóssil, é menos poluente em comparação com os combustíveis líquidos, devido à sua queima mais limpa, com menor produção de fuligem e dióxido de carbono (CO2) – um dos principais gases do efeito estufa (GEE).

Em relação ao diesel, o ônibus movido a gás natural pode emitir até 20% menos CO2, além de reduzir quase 90% os óxidos de nitrogênio (NOx) e em torno de 85% as partículas finas de sólidos ou líquidos poluentes.

Essa significativa redução de poluentes tem um impacto direto na saúde da população, contribuindo para a diminuição de doenças cardiovasculares e respiratórias associadas a esses gases.

SOBRE O ÔNIBUS

O modelo fabricado pela Scania é um padron K 280, com 14 metros de comprimento e capacidade para 86 passageiros. O ônibus é equipado com elevador para acessibilidade e espaço interno para cadeirantes.

O modelo K 280 4×2 possui um propulsor de 280 cavalos de potência. Seu motor utiliza o Ciclo Otto, o mesmo conceito dos automóveis, e é movido 100% a gás natural e biometano, ou uma mistura de ambos.

Vale ressaltar que não se trata de uma conversão do diesel para o gás; o ônibus é fabricado dessa forma, com garantia de fábrica, tecnologia confiável e segura, desempenho consistente e potência semelhante aos modelos a diesel, além de ser mais silencioso.

Atualmente, essa opção é considerada ideal para o contexto nacional, pois se alinha aos três pilares da sustentabilidade: econômico, social e ambiental. Para o ônibus em teste, foram instalados oito cilindros de gás na lateral dianteira, proporcionando uma autonomia de 300 km.

A segurança é total em caso de acidentes ou explosões

Celso Mendonça – Scania

Os cilindros e válvulas são certificados pelo Inmetro, cumprindo todas as normas exigidas. São três válvulas (vazão, pressão e temperatura) que liberam o gás em caso de anomalia em um desses quesitos.

Além disso, os cilindros são extremamente robustos, sendo fabricados com o mesmo material das ogivas de mísseis.

Em caso de incêndio ou colisão, o gás é liberado para a atmosfera e se dissolve sem perigo de explosão, ao contrário do que aconteceria com um veículo similar abastecido a diesel, que representa um maior risco, já que o líquido fica no chão ou pode se espalhar pela carroceria.

Essa iniciativa visa proporcionar um transporte coletivo mais limpo e sustentável, buscando soluções energéticas que minimizem o impacto ambiental e promovam a qualidade de vida da população.

A utilização do ônibus a gás natural representa um avanço significativo para a cidade de Ponta Grossa e para o estado do Paraná como um todo.

Além dos benefícios ambientais, essa tecnologia traz vantagens econômicas e sociais, tornando-se uma opção promissora para o futuro da mobilidade urbana no país.

Conclusão final

Rafael Lamastra Jr. – Compagas

O compromisso da Compagas, da Scania e da Prefeitura de Ponta Grossa com a sustentabilidade e a inovação é evidente nessa iniciativa pioneira.

Através dessas demonstrações, o Paraná caminha para se tornar um exemplo de mobilidade urbana mais sustentável, impulsionando outras cidades a seguirem esse mesmo caminho.

A conscientização sobre a importância de reduzir as emissões poluentes e investir em alternativas mais limpas e eficientes é fundamental para garantir um futuro mais próspero e saudável para todos.

Com essa parceria entre setores público e privado, aliada ao uso de tecnologias avançadas e sustentáveis, espera-se que o transporte coletivo do Paraná evolua cada vez mais em direção a um modelo mais limpo, econômico e eficiente.

A adoção de ônibus movidos a gás natural é uma prova concreta de que é possível aliar desenvolvimento urbano e preservação ambiental, buscando sempre soluções que beneficiem a população e o planeta.

Espera-se que essa iniciativa inspire outras cidades e estados a seguirem esse exemplo, contribuindo para um futuro mais sustentável e promissor para todos.

Em conclusão, a demonstração do ônibus movido a gás em Ponta Grossa representa um passo importante em direção a uma mobilidade urbana mais sustentável no Paraná.

Com resultados positivos obtidos em outras regiões do estado, a expectativa é de que essa tecnologia seja cada vez mais adotada em todo o território nacional, contribuindo para uma redução significativa das emissões de poluentes e para a melhoria da qualidade de vida da população.

O compromisso com a sustentabilidade, a inovação e a eficiência é fundamental para construir um futuro mais promissor e saudável para todos nós.

SOBRE O AUTOR
Yasmain
Olá sou a redatora chefe desse site. Amo em escrever assuntos sobre carro moto, caminhões e muito mais que tenha. Espero que todos gostem de nossas postagem aqui no site.

RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2024 - Sonho Sobre Roda | Seu Portal De Noticias Automotivo!
Você conheça carro mais caro de 2024? Conhaça nova Suzuki GSX-S1000GX+ 2024 Detalhes da nova Honda Super Cub C125 2024 BMW S 1000 RR 2024: conheça os detalhes dessa nova moto Conheça novo BMW Série 5 2024